Diretoria toma posse em celebração dos 20 anos da Admap

A nova diretoria da Admap tomou posse durante ato político que marcou os 20 anos de fundação da entidade. O evento foi realizado na sexta-feira (23), no salão de assembleias do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos.

A nova gestão, que permanece à frente da Associação pelos próximos três anos, é encabeçada por Lauro da Silva, que foi reconduzido ao cargo de presidente.

Ao microfone, Lauro mencionou os desafios para os aposentados e pensionistas, principalmente diante dos ataques desferidos pelo governo Jair Bolsonaro.

“Precisamos estar unidos e mobilizados para defender nossos direitos diante de um cenário difícil, em que querem destruir a Seguridade Social e, mais especificamente, o direito à aposentadoria do trabalhador brasileiro. Vamos enfrentar isso”, afirmou Lauro da Silva.

Dirigentes sindicais da região estiveram presentes e saudaram a nova diretoria e as duas décadas de história da Admap – entre eles metalúrgicos, químicos, trabalhadores da alimentação, servidores públicos e movimento de mulheres.

Após o ato, foi realizada uma confraternização com a participação da diretoria e de todos os presentes.

20 anos de história
A Admap foi fundada em 23 de agosto de 1999. A iniciativa, que visava fortalecer a luta dos metalúrgicos aposentados, foi aprovada durante o 5º Congresso do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, realizado nos dias 25, 26 e 27 de julho de 1999.

Desde a sua fundação, a Associação busca organizar e mobilizar aposentados, pensionistas e idosos em busca de suas reivindicações. O papel dela, neste sentido, não se resume apenas à promoção de atividades recreativas ou de serviços assistenciais (atividades que também desempenha), mas principalmente ao fortalecimento da conscientização política.

Apesar de nascer como uma Associação representativa dos metalúrgicos, a atuação da Admap não se limitava a organizar apenas ex-trabalhadores da categoria, mas os aposentados de maneira geral. Por isso, em 2007 foi aprovada uma mudança no estatuto para se adequar a esta realidade.

Filiada à Fapesp (Federação dos Aposentados do Estado de São Paulo), à Cobap (Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos) e à CSP-Conlutas (Central Sindical e Popular), a Admap mantém sua atuação focada na busca incessante por uma melhor qualidade de vida, com bem-estar e remuneração digna, para aposentados, pensionistas e idosos.