Maioria da população é contra redução de leis trabalhistas e privatizações

Apesar da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na última eleição presidencial, os brasileiros não estão dando um cheque em branco ao novo chefe do Poder Executivo para atacar leis trabalhistas e promover privatizações. É o que revela pesquisa feita pelo instituto Datafolha, divulgada no sábado (5).

Segundo o levantamento, a maioria dos brasileiros é contra a redução de leis trabalhistas e a privatização “do maior número possível” de estatais.

O Datafolha perguntou aos entrevistados: “O governo deve privatizar, ou seja, vender para empresas privadas, o maior número possível de estatais?” 60% disseram que discordam totalmente ou em parte.

Na pergunta sobre se “é preciso ter menos leis trabalhistas”, 57% responderam que discordam totalmente ou em parte.

A pesquisa foi realizada em 18 e 19 de dezembro e ouviu 2.077 pessoas em 130 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

Disseram que concordam totalmente ou em parte com as privatizações 34% dos entrevistados. 40% se disseram favoráveis, totalmente ou em parte, à redução de leis trabalhistas.

Outra pergunta da pesquisa foi: “Mulheres ganharem menos do que os homens é um problema das empresas e não do governo?” 37% disseram concordar totalmente ou em parte. 51% discordaram. O restante, não sabe ou não quis responder.

Com informações do G1