Protesto exige respeito a aposentados e fim do desmonte da Previdência

Uma manifestação em razão do Dia Nacional do Aposentado ocupou a entrada do prédio do INSS, em São José dos Campos, na manhã desta sexta-feira (24). O protesto exigiu do governo federal respeito aos direitos da categoria e o fim da política de desmonte da Previdência Social.

Além de aposentados e pensionistas, participaram do ato trabalhadores da ativa. Sindicatos de mais de 20 categorias participaram da mobilização, que reuniu cerca de 100 pessoas.

Encabeçado pela Admap (Associação Democrática dos Aposentados e Pensionistas), o protesto marcou posição contra o achatamento nos benefícios previdenciários, o corte nas pensões promovido pela reforma da Previdência, o desmonte do INSS e a tentativa do Palácio do Planalto de “militarizar” o atendimento nas agências.

O governo Bolsonaro quer colocar no INSS militares da reserva, sem nenhuma experiência na área, para tentar solucionar o caos no atendimento à população. Em meio a essa situação, mais de três milhões de pedidos de aposentadoria e outros benefícios estão parados.

A análise para concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo, está demorando mais de um ano. O BPC é dirigido a idosos pobres. Um completo descaso!

Em vez de combater o problema com a contratação de novos servidores, que melhorariam o atendimento e agilizariam a análise de pedidos, o governo Bolsonaro anunciou a convocação de 7 mil militares da reserva para atuar no INSS, sem que eles tenham qualquer experiência na função. Concursos públicos para o instituto não são realizados desde 2014.

“Foi um grande protesto, marcado pela unidade de vários sindicatos, movimentos, centrais sindicais e partidos de esquerda. Esse é o caminho para enfrentarmos essa agenda perversa do governo Bolsonaro, que só pensa em atacar direitos dos aposentados e trabalhadores da ativa”, disse o presidente da Admap, Lauro da Silva.

Caravana a Aparecida
No dia 26 (domingo), a Admap organiza uma caravana para as atividades do Dia Nacional do Aposentado em Aparecida, onde haverá missa e um ato na Basílica Nacional. Quem tiver interesse em participar, deve se inscrever na Associação. A saída dos ônibus será às 6 horas da manhã.

As atividades em Aparecida são organizadas pela Cobap (Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos) e Fapesp (Federação de Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo).